quarta-feira, 4 de março de 2015

Detro realiza operação na Viação Caravele

Empresa recebeu 29 multas e teve cinco ônibus recolhidos

BELFORD ROXO - A Secretaria de Estado de Transportes, por meio do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), realizou hoje (04/03) fiscalização especial na Viação Caravele. A ação foi motivada pelas reclamações recebidas no programa “Fale com a Gente”, lançado ontem pelo governador Luiz Fernando Pezão, em Belford Roxo. Como resultado, a empresa recebeu 29 infrações, no valor de R$ 39.227,98, e teve cinco coletivos retirados de circulação por falta de condições de tráfego. 

Equipes estiveram no terminal de Belford Roxo e nas proximidades do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), onde operam as linhas da empresa. As principais infrações encontradas referem-se a falta de selo de vistoria, documento irregular, plataforma para deficiente físico com defeito, má conservação dos veículos, dupla função de motorista em ônibus urbanos com cadeira para o trocador e comodato sem autorização, ou seja, veículos de outras empresas operando linhas da Viação Caravelle sem autorização. 

O presidente do Detro, Carlos Luiz Martins, enfatiza a importância de operações voltadas para as empresas com reclamações recorrentes. 

“Esta é a nossa pronta resposta às demandas levantadas em Belford Roxo, durante nossa atuação no programa Fale com a Gente. Estamos atentos às necessidades da população e as empresas que não prestarem serviço adequado aos passageiros serão fortemente punidas. Atender o cidadão é nossa prioridade”, afirmou o presidente. 

Desde janeiro, já foram infracionados no estado 1.263 ônibus da frota regular e outros 313 retirados de circulação. Além da operação de inteligência, o Detro também utiliza as denúncias feitas pela população para direcionar as ações de fiscalização. Para colaborar, os cidadãos podem utilizar a ouvidoria por meio dos telefones (21) 3883-4141 ou pelo e-mail ouvidoria@detro.rj.gov.br.

Via Detro-RJ


Bayer desativa uma das três fábricas em Belford Roxo e vai dispensar mais de 300 funcionários

BELFORD ROXO - Motor da economia de Belford Roxo, a multinacional alemã Bayer anunciou que vai fechar uma das três unidades que mantém no município. Com o encerramento das atividades da MaterialScience, mais de 300 funcionários serão dispensados. A unidade desenvolve materiais inovadores, como matérias-primas para revestimentos

A Bayer informou que assumirá a responsabilidade pelos 320 colaboradores afetados. Entre as medidas, vai antecipar aposentadorias e transferir o maior número possível de trabalhadores para outras divisões, como CropScience (agronegócio) e HealthCare (saúde), também em Belford Roxo. Para outros colaboradores da MaterialScience, a Bayer diz que “está trabalhando em conjunto com o sindicato e a comissão de trabalhadores para buscar uma solução justa.

A equipe de reportagem não conseguiu contato com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Belford Roxo (Sindiquímica). A prefeitura informou, por meio de nota, que “desconhece a informação a respeito da saída de umas das fábricas do grupo Bayer da cidade” e diz que ainda que aguarda um comunicado da empresa para qualquer esclarecimento. O prefeito Dennis Dauttmam (PC do B) deverá ter uma reunião hoje com representantes da empresa para discutir a desativação da fábrica. Procurado, o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, Marco Capute, não comentou o assunto.

As atividades de produção da MaterialScience deverão ser encerradas em julho deste ano, e o processo de fechamento será concluído em 2017. Em nota, o grupo informou que “mantém seu compromisso com Belford Roxo” e continuará a operar as linhas de produção da Bayer CropScience e Bayer HealthCare, além de manter os serviços destinados às outras companhias localizadas em seu parque industrial.

De acordo com a Bayer, a decisão “segue uma estratégia global de concentrar suas unidades de produção e otimizá-las de forma mais competitiva”. No futuro, os investimentos do grupo no Brasil serão focados nas divisões CropScience e HealthCare. “A Bayer contribui para a prosperidade da comunidade e continuará a investir em programas sociais”, garantiu, em nota.

Parque gera mais de 2 mil empregos

Desde 1958 em Belford Roxo, a Bayer é hoje uma das maiores empresas em operação na Baixada Fluminense. Seu parque industrial gera mais de 2,3 mil empregos diretos e indiretos (900 deles somentte nas unidades da Bayer), sendo boa parte de moradores da região.

O complexo, que ocupa uma área de 2 milhões de metros quadrados, foi inaugurado pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek e representa a maior unidade do grupo na América Latina. No local, o grupo fabrica matérias-primas para produtos como colchões, geladeiras, calçados, automóveis, CDs, tintas e outros. Também produz algumas linhas de saúde animal e diversos defensivos agrícolas.

Além das unidades de produção da Bayer, o parque industrial abriga empresas como Haztec Tribel (tratamento e gerenciamento de resíduos industriais); Haztec Geoplan (soluções para abastecimento de água): Air Liquide (fornecedora de gases industriais) e Mauser e Graham, fabricantes de embalagens plásticas.

Via O Dia


Vale Social será ampliado em Belford Roxo

BELFORD ROXOO prefeito de Belford Roxo, Dennis Dauttmam, e o Secretário Estadual de Transportes, Carlos Osório, acabam de renovar por mais cinco anos o convênio de concessão do Vale Social. O benefício garante transporte público gratuito para doentes crônicos em tratamento de saúde e deficientes físicos, visuais, auditivos e mentais.

De acordo com dados da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), Belford Roxo é um município com alto índice de pessoas que possuem algum tipo deficiência. Estima-se que estes cidadãos correspondam a 33 % do total da população. Nesse sentido, o Vale Social representa um instrumento de grande importância para os belforroxenses e somente no atual governo, cerca de 33 mil moradores tiveram o benefício concedido na cidade.

O vale pode ser utilizado por adultos e crianças em ônibus de linhas municipais de Belford Roxo e intermunicipais, além de barcas, metrô e trens. Menores de idade e adultos incapazes de se locomoverem sozinhos, sejam eles deficientes ou doentes crônicos, têm direito à gratuidade também para um acompanhante.

Resultado da boa parceria do Governo Estadual, Belford Roxo oferece hoje dois diferenciais para aqueles que querem solicitar o passe. Um é a emissão do benefício, que hoje é entregue em aproximadamente dois meses - o que é quase a metade do tempo em relação a outras cidades -. E o outro, é que a perícia médica que faz parte do processo de liberação do Vale é realizada dentro de Belford Roxo. Antes, os pacientes precisavam ir até o centro da cidade do Rio de Janeiro para realizar a consulta.

Para solicitar o Vale Social é necessário comparecer ao posto de atendimento, localizado na Funbel (Rua Adélia Sarruf, n°39 – Areia Branca), com documentos e laudos médicos do proponente.


 
 
 
Via imprensa PMBR
Foto Marcos Paulo

Carro sobe mureta e fica pendurado no viaduto da Bayer em Belford Roxo

BELFORD ROXO - Um veículo, modelo Gol, de cor cinza e placa KYV-7354, teve de ser retirado de cima da mureta do viaduto da Bayer, no centro de Belford Roxo, na tarde desta terça-feira (03 de março), após um acidente de trânsito, ocorrido por volta das 15 horas. Segundo informações, o motorista sofreu pequenas lesões e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “No local, os Agentes da Defesa Civil juntamente com os bombeiros fizeram a retirada do veículo que precisou ter todo cuidado para não cair do outro lado da via.”, informou Coordenador de Trânsito Edson Tadeu. Devido ao acidente, o trânsito ficou congestionado na área e chegou causar lentidão em alguns pontos da cidade.

Via Jornal Belford Roxo


Belford Roxo vai participar da Semana Nacional de Doenças Raras

BELFORD ROXO - Nesta semana o Estado do Rio de Janeiro está sediando a Semana Nacional de Doenças Raras. A campanha, que tem objetivo de conscientizar a sociedade sobre as doenças raras, vai promover nesta quinta-feira, 05 de março, um Fórum sobre o tema na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, na cidade do Rio de Janeiro e o município de Belford Roxo é um dos convidados de honra do evento.

A cidade foi escolhida para participar da ação, pois, é na Baixada Fluminense, o único município a sediar um Centro de Triagem para Portadores de Doenças Raras e Autoimunes. O ambulatório, coordenado pelo médico geneticista, Dr. João Gabriel Daher, é estruturado para identificar e tratar pacientes portadores de doenças raras e autoimunes. O Centro oferece tanto o diagnóstico, como o acompanhamento e o tratamento na rede municipal de saúde de Belford Roxo. Apenas os casos mais complicados são encaminhados para institutos especializados. O espaço é mantido pela Prefeitura, através da Subsecretaria de Vigilância em Saúde.

O Fórum de Doenças Raras terá como finalidade promover debates acerca das questões ligadas a acessibilidade e as políticas públicas em favor daqueles que são portadores de patologias raras. O evento é ainda alusivo ao Dia Internacional das Doenças Raras, comemorado em 28 de janeiro.

Via imprensa PMBR


Cara nova para o Centro de Belford Roxo com recuo da estação e construção de novo Shopping

Prefeitura fecha parceria com estado para recuar estação e abrir espaço para shopping



Prefeito Dennis Dauttmam com o governador Pezão
BELFORD ROXO - O projeto de recuar a estação de trem de Belford Roxo para abrir espaço para uma nova praça, um prédio comercial privado e um shopping está cada vez mais próximo de virar realidade. Ontem, o prefeito Dennis Dauttmam firmou uma parceria com o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osorio, para agilizar o processo. O próximo passo será uma reunião com representantes da SuperVia para checar a viabilidade econômica da proposta.


— A nossa ideia é mudar a estação em 200 metros. Assim, a praça ficará três vezes maior e teremos espaço para um centro gastronômico e mais lojas. Também vamos fazer uma baia para ônibus para diminuir o trânsito e garantir a integração com o trem — explicou o prefeito: — Essa mudança vai atrair novas empresas, gerar mais emprego e dar uma cara nova para a cidade.


Segundo Osorio, a obra fará parte de uma Parceria Público-Privada (PPP). Ou seja, a SuperVia financiaria a revitalização do local e, em troca, poderia explorar o centro comercial. Dauttmam estima que o custo ficaria em torno de R$ 9 milhões.

Calos Eduardo Guedes e os filhos,
 Lucas e Gleidson, aprovaram o projeto
de revitalização do Centro
Morador de Belford Roxo, Joelson Gonçalves, de 24 anos, pega o trem todos os dias para ir até o Centro do Rio trabalhar como guardião de piscina. Ele gostou da proposta:


— Pego muito trânsito para chegar até a estação. Se essa obra ajudar a acabar com a confusão de ônibus, a situação dos moradores vai melhorar muito. Perdemos tempo demais dentro do coletivo.

Já o técnico de informática Carlos Eduardo Guedes, de 33, se animou com a ideia de ter um novo centro comercial na cidade para levar os filhos Lucas, de 12, e Gleidson, de 7, para passear.

Os camelôs que ficam na atual entrada da estação de trem também gostaram da proposta. A prefeitura garantiu a permanência dos ambulantes na nova estrutura.

— Depende de onde vão me colocar, mas acredito que vai ser bom. Se eles abrirem comércios diferentes, vão atrair mais clientes para a região, e nós vamos aproveitar — afirmou Simone Limeira, de 34, dona de uma barraca de doces.


Combate ao transporte irregular


A parceria foi firmada durante o programa “Fale com a gente”, no Colégio estadual Presidente Kennedy. No evento, o governador Luiz Fernando Pezão e representantes de 29 secretarias e órgãos públicos atenderam o público de Belford Roxo. Além do projeto da estação de trem, Dauttmam e Osorio firmaram dois convênios. Um deles é para que o Departamento de Transportes Rodoviários do Rio (Detro) ajude o município a combater o transporte irregular.


— Esse trabalho já é feito, mas quando se tem parceria tudo funciona melhor. A prefeitura conhece bem o território e pode orientar o Detro a agir em locais específicos — explicou o secretário.

O outro convênio diz respeito à distribuição de vales sociais, que permitem pacientes viajarem de graça para fazer tratamentos em outros municípios.

Via Extra

terça-feira, 3 de março de 2015

Belford Roxo recebe governador Pezão e garante novos projetos

BELFORD ROXO - O Governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, escolheu a cidade de Belford Roxo para dar início ao Programa Fale com a Gente. A iniciativa, que visa aproximar o governo estadual da população, foi lançada nesta quarta-feira, na Escola Estadual Presidente Kennedy, no bairro Areia Branca, e contou com a presença do prefeito Dennis Dauttmam.

De acordo com o governador, o município foi escolhido para receber a primeira edição do projeto por ser uma das cidades mais parceiras do seu governo. "Quero ajudar Belford Roxo, acompanhar de perto as obras que estamos fazendo aqui com a colaboração da prefeitura e atrair investimentos para melhorar a vida da população. Tenho muito carinho por esta cidade", disse.

O 'Fale com a Gente' trouxe representantes de todas as secretarias estaduais, que em conjunto com funcionários da prefeitura, dedicaram todo o dia para atender e ouvir as demandas dos belforroxenses. Muitos problemas foram resolvidos e alguns encaminhados para os setores competentes. Além disso, equipes de diversos órgãos estaduais estiveram prestando serviços aos moradores.

Ainda durante o evento, o prefeito Dennis Dauttmam aproveitou a oportunidade e conseguiu mais projetos para o município. Dentre eles estão a ampliação do Vale Social e do Programa Asfalto na Porta, além de um projeto de modernização para o centro da cidade.

"Esse evento foi muito produtivo para nós e um dia de muitas conquistas para a cidade. Pezão é mais que um governador,  é um amigo de Belford Roxo. Nossa parceria está mais forte do que nunca", frisou Dauttmam.

Participaram da ação secretários municipais, vereadores, deputados estaduais, além de diversas autoridades.









Via imprensa PMBR


Estado celebra parceria com a prefeitura de Belford Roxo para fiscalização conjunta na área de transporte

Governador Luiz Fernando Pezão, prefeito Dennis Dauttmam e secretário Carlos Osorio participaram do programa "Fale com a Gente", em Belford Roxo

BELFORD ROXO - A Secretaria de Estado de Transportes, por meio do Detro, firmou parceria com a Prefeitura de Belford Roxo para cooperação e atuação conjunta na fiscalização de transportes no âmbito deste município. As ações conjuntas e coordenadas, entre o Detro e a Secretaria Municipal de Transportes de Belford Roxo, possibilitarão maior eficiência nas operações de fiscalização e auxiliarão o município no ordenamento do transporte público. A prefeitura de Belford Roxo prestará informações ao Detro sobre as maiores incidências de irregularidades em relação ao transporte intermunicipal e as operações conjuntas aumentarão a capacidade de ação tanto do Detro quanto da própria secretaria municipal.
No dia de hoje, foram realizadas duas operações de fiscalização do Detro em Belford Roxo. Na parte da manhã as equipes estiveram no Centro da cidade e à tarde no Terminal de Nova Aurora. Ao todo, 81 veículos foram inspecionados, 24 multas aplicadas e oito ônibus recolhidos. As principais irregularidades identificadas foram motoristas em dupla função de maneira irregular, vistorias vencidas, elevadores para cadeirantes inoperantes e má conservação dos veículos.

"Estivemos em Belford Roxo durante todo o dia dialogando com a população, ouvindo suas sugestões e demandas. Para um agente público nada substitui o contato direto, sem intermediários, com os cidadãos. Aproveitamos também para firmar importantes convênios com a prefeitura para garantir maior eficiência na fiscalização dos transportes e garantir o benefício do Vale Social também nos ônibus municipais", afirmou o secretário Carlos Roberto Osorio.

Vale Social renovado para Belford Roxo

Também no dia de hoje, o convênio para concessão do benefício do Vale Social para garantir gratuitamente no transporte público para doentes crônicos e deficientes físicos, visuais, auditivos e mentais foi renovado. O acordo entre a Secretaria de Estado de Transportes e a Prefeitura de Belford Roxo foi renovado por mais cinco anos e garante que o Vale Social emitido pela Setrans seja também válido no transporte público municipal. Com isso, os moradores de Belford Roxo, portadores do Vale Social, além de poderem utilizar todos os modais de transportes intermunicipais, também poderão viajar gratuitamente nos ônibus municipais.

Via Governo do Estado


Grupo Bayer fecha fábrica em Belford Roxo

BELFORD ROXO - O grupo alemão Bayer anunciou nesta segunda-feira (02 de março) o fim de sua linha de produção dos produtos da MaterialScience (isocianatos, poliól e matérias-primas para revestimentos), em Belford Roxo. As atividades devem ser encerradas completamente em julho. Em um comunicado, a empresa afirmou que o processo de fechamento deverá ser concluído em 2017. Ao todo, 320 funcionários serão atingidos.

"A Bayer assume responsabilidade pelos 320 colaboradores afetados. A companhia está em busca da antecipação de aposentadorias e trabalha em oportunidades de transferência para o maior número possível de colaboradores da MaterialScience em outras divisões da Bayer, como CropScience e HealthCare, ambas localizadas em Belford Roxo. Para os demais colaboradores da MaterialScience, a Bayer está trabalhando em conjunto com o sindicato e comissão dos trabalhadores em busca de uma solução justa", diz o texto.

Presente no Brasil há 119 anos, o grupo Bayer registrou R$ 8,3 bilhões em vendas em 2014. Segundo a empresa, a decisão foi tomada visando a uma estratégia global de concentrar suas unidades de produção e otimizá-las de uma forma mais competitiva.


Via O Globo

Mulher larga emprego para procurar irmã desaparecida em Belford Roxo

BELFORD ROXO - Em busca da irmã desaparecida há três semanas, Maximiliana Romão Sá passa os dias atrás de alguma pista que leve ao paradeiro de Gleice Kelly Romão da Silva. Ela largou o emprego e, enquanto não encontrar a caçula da família, não consegue pensar em trabalho.

— Estamos rodando por tudo o que é lugar, mas até agora nada. Fazia faxina e cuidava de um casal de idosos em Belford Roxo, mas não tinha condições de ficar faltando. Minha patroa precisava de alguém mais frequente. Não tem nem como pegar trabalho agora, porque não tenho condições. Além das faltas, eu ia ficar muito inquieta. Ainda não desisti de encontrar a minha irmã — conta ela.

No domingo, amigos e parentes de Gleice Kelly fizeram uma passeata para lembrar o desaparecimento da jovem de 18 anos, que completou três semanas. Com faixas, cartazes e camisas com a foto dela estampada, eles foram até a Divisão de Homicídios da Baixada, que investiga o caso.

— A gente quer uma solução, saber como está a investigação — diz Maximiliana.

Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de Gleice Kelly pode ligar para 2779-5834, 2779-6727 e 2779-6692.